JOHNNY DEPP: GRAÇA COMUM OU GRAÇA ESPECIAL?

Publicado: 15 de outubro de 2015 em Sem categoria

Hoje quero refletir com vocês sobre a atitude louvável que Johnny Depp teve no mês passado aqui no Brasil enquanto rolava o Rock In Rio. Para aqueles que não estão dentro da situação, esse homem ajudou crianças com problema de audição no Rio de Janeiro. Leia a reportagem na integra no link que segue: http://g1.globo.com/musica/rock-in-rio/2015/noticia/2015/09/johnny-depp-ajuda-criancas-com-problema-de-audicao-no-rio.html

Mesmo em meio à situação caótica que vivemos e pessoas semelhantes, existem aqueles, como Johnny Depp, que com suas atitudes nos faz acreditar que há indivíduos com corações bondosos e compassivos. Se ele é ou não um cristão, não sei, contudo sua atitude se torna um ponto comum (convergência) com os cristãos, pelo menos assim deveria. Vamos partir do pressuposto que ele não seja um cristão militante e elaboremos a seguinte pergunta: como é então que tal homem pode ter uma atitude tão bacana como essa?

Os reformadores, aqueles que divergiram e romperam com a igreja católica, tinham em seu escopo doutrinário o seguinte assunto: GRAÇA COMUM. Tal graça se refere que todas as pessoas, sejam cristãs ou não, sejam salvas ou não, têm bênçãos dadas por Deus em suas vidas (comer, beber, respirar e etc.), como também atitudes nobres, honrosas e integras, pois Deus compartilhou com a raça humana certos atributos seu para aplicarmos, por exemplo, o amor, a bondade, a justiça, dentre outras (atributos comunicáveis). Portanto, a integridade, honestidade, amabilidade e assim por diante, não estão limitadas só ao ser cristão, contudo, é abrangente a todos como demonstrado na atitude de Johnny Depp (lembre-se que partirmos do pressuposto que ele não é cristão embora não sabemos de fato se ele é ou não). Os textos bíblicos que acompanham tal doutrina são: Sl 145.9, 15 e 16; Ec 9.2 e 3; Mt 5.44 e e 45; Lc 6.33; At 14.16 e 17; 17.22 e 23; Rm 1.21 e 32. Confira aqui: https://www.bibliaonline.com.br/

Contudo, vale ressaltar outro assunto no escopo doutrinário dos reformadores, a saber: GRAÇA ESPECIAL. Essa graça especial não é para todos como a graça comum, mas para “pessoas específicas” sendo elas salvas em Cristo Jesus e cristãs. Foram por Deus eleitas, vivem para Ele e desfrutam de outras bênçãos (santificação, justificação, adoção, habitação, regeneração, glorificação e etc., todas oriundas da salvação). Podemos ver isso claramente na mente do Apóstolo Paulo falando aos salvos e eleitos em Cristo Jesus em Ef 1.3: Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nos lugares celestiais em Cristo; como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para que fôssemos santos e irrepreensíveis diante dele em amor. É por isso que a graça especial ainda pode ser definida como: Bondade e misericordiosa pela qual Deus, exercendo sua santa influência sobre as almas, volta-as para Cristo, guardando, fortalecendo, fazendo com que cresçam na fé cristã, conhecimento, afeição, e desperta-se ao exercício das virtudes cristãs. Ou ainda: A condição espiritual de alguém governado pelo poder divino. Ela é a influência sustentadora de Deus que permite que a pessoa salva continue fiel e firme na fé (Rm 5.17; 2 Co 12.9).

Ultimando esse artigo agora que “provocar” você!

Com certeza você já usufrui a graça comum em sua vida e tem um senso de honestidade, amor e justiça, além de também aplicar as mesmas e ser uma pessoa integra, como assim foi Johnny Depp. Contudo tais atitudes e integridade não garante salvação de sua alma na eternidade! Já pensou nisso? Para a salvação eterna é necessário o fluir da graça especial… Essa vem só através do reconhecimento de sua miserabilidade espiritual e inimizade com Deus, prosseguido de arrependimento e crer em Cristo como Senhor.

Embora a atitude de Johnny Depp tenha sido louvável, tal não trará salvação para vida dele! Ele só fez isso pela bondade e misericórdia de Deus que o possibilitou para tal. Contudo, maior bondade e misericórdia podemos encontrar na salvação que há em Cristo Jesus que foi manifesta na cruz.

É como a peça de quebra-cabeça que falta ainda em sua vida…

E ai, vai se contentar somente com a graça comum ou também buscará a graça especial? A decisão é sua! Encerro esse artigo com esses dois versos bíblicos para sua reflexão:

“Pois vocês são salvos pela graça (conforme o artigo: se refere à graça especial), por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras (conforme o artigo pode aplicar pensando na graça comum), para que ninguém se glorie”.

(Ef 2.8 e 9). 

“Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo”.

(At 2.38).

Obs.: As frases entre parênteses nos versos de Ef  2.8 e 9 são acréscimos meus para fins explicativos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s