NEO-CALVINISMO, FILOSOFIA REFORMACIONAL E A SUA UTILIDADE PARA A SOCIEDADE!!

Publicado: 25 de setembro de 2015 em Sem categoria

Amado leitores, como vocês virão na “nossa proposta” desse blog, eu sou voltado para teologia reformada. Isto significa que também sou voltado para teologia calvinista.

Pensando no tema do blog, convergência & apologética, disponho um texto de outro blog (o link estará no final) que defini muito bem o que penso sobre a atividade da igreja, da teologia e da apologética reformada para os dias atuais. Boa leitura!!

A COSMOVISÃO KUYPERIANA

O Teólogo e Filósofo Dr. Abraham Kuyper (1837 – 1920), foi um calvinista de origem holandesa, envolvido nas áreas acadêmicas e políticas da Holanda, servindo como Primeiro Ministro da Holanda entre 1901 a 1905. Fundador da Universidade Livre de Amsterdã (1880), foi administrador e professor, o Dr. Kuyper estava convicto, à luz da Teologia Calvinista, que o Cristão deveria ocupar todas as áreas da vida dita secular, não apenas religiosa. Para ele, o Calvinismo “transcende as esferas teológica e eclesiástica, ele é um sistema de vida; Ocalvinismo é uma força cultural, uma biocosmovisão, um sistema de vida , e por isso não pode estar restrito às esferas eclesiástica e teológica”(OLIVEIRA, Curso de Cosmovisão Reformada).

Abaixo um texto-resumo da visão conhecida como Neo-Calvinismo ou Filosofia Reformacional.

A Cosmovisão Kuyperiana é uma tradição no Cristianismo (frequentemente chamado de “neo-calvinismo”) que concentra-se na redenção de todas as coisas. Ela também é chamada de “Cristianismo Reformacional”, porque sustenta uma cosmovisão que conta a história Cristã da:

* CRIAÇÃO
* QUEDA
* REDENÇÃO
* CONSUMAÇÃO

Nós estamos no capítulo da História Reformacional de Deus chamada “Redenção” e, portanto, somos chamados a cumprir aquela porção da Oração do Senhor que diz: “Venha o teu Reino, seja feita a tua vontade na terra como é feita no céu”

Aqui estão as quarto visões particulares do Neo-Calvinismo:

1. Ordem da Criação

Porque a criação foi criada num estado “muito bom”, há um potencial inerente à ordem criada que também é bom. O “Mandato Cultural” de Gênesis 1.28 e 2.15 nos diz que a humanidade tem a missão de aproveitar esta potencialidade para desenvolver a cultura como Deus planejou. Tecnologia, cultura popular, o progresso, e sim, até na política, devem ser entendidas como parte da ordem original de Deus criou.

2. Antítese

O pecado não só permeia o coração de cada ser humano individual, mas também passa por todo o cosmos. Romanos 8 nos diz que toda a criação “geme” – ela sofre também. Embora o pecado seja pessoal, ele também se manifesta nas diversas organizações da sociedade.

3. Graça Comum

Mas a criação de Deus ainda é boa, embora maculada pelo pecado. Se a criação de Deus é organizada de acordo com a sua boa vontade, ele ainda oferece bons benefícios para os seres humanos. Por sua graça, Deus não apenas permite que os crentes contribuam para o bem comum, mas também os descrentes. Porque todo ser humano é feito à imagem do Deus, os incrédulos podem ter percepções verdadeiras e executar obras benéficas. Isto tem implicações enormes em nossa compreensão da atividade cultural, tanto por crentes e descrentes, e como interagirem entre si para o bem comum na renovação da sociedade, tecnologia, política etc.

4. Esfera de Soberania

O Neo-Calvinista declara que Deus criou uma diferenciação dentro da sociedade entre as diferentes “esferas de autoridade”. A Esfera de Soberania oferece uma matriz diferente para a compreensão da sociedade a partir do paradigma americano das “duas faces”, que reduz a sociedade ao indivíduo e Estado. A Esfera de Soberania acredita que há estruturas sociais intermediárias, tais como famílias, igrejas, empresas e escolas que contribuem para o tecido social, tanto como indivíduos e do Estado.

“Não Existe nem uma polegada quadrada no domínio total da existência humana sobre a qual Jesus Cristo, que é soberano sobre todos, não diga: Meu!”

Escrito pelo Professor Gaspar de Souza
http://abrahamkuyper.blogspot.com.br/2010/08/cosmovisao-kuyperiana.html
_________________________________________________________________________________________________
Para quem se interessa pelo tema sugiro esse curso de teologia sistemática da Editora Fiel: http://www.cursofieldelideranca.com.br/cursos/teologia-sistematica/
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s