SINTONIZE NO AMOR

Publicado: 17 de setembro de 2015 em Sem categoria

Vejamos hoje um ponto de contato, convergência, que há entre os cristãos e a filosofia secular. Primeiramente analisemos a letra da música de Renato Russo que está na imagem baixo:

imagesND3QXCJC

Interessante notar que as pessoas mesmo não sendo muitas vezes cristãs militantes, elas têm noção de certas virtudes e princípios cristãos profundos, conforme expressa a letra da música acima, de um homem que a principio não era cristão militante. Por que será que tem tal ligação? Aqui dou uma dupla resposta, vejamos: 1) Existem atributos que são pertencentes a Deus transmitidos a todos os seres humanos (não só a cristãos) como a justiça, a sabedoria e dentre outros que se encontra também o AMOR. 2) Paulo em Romanos 2.14 e 15 nos ensina que há verdades espirituais (leis) que estão gravadas no coração de todos, mesmo que esses não tenham uma consciência cristã – lembrando que o amor era uma lei para o Judeu.

Agora vejamos a profundidade da letra acima. As pessoas, seres humanos que são possuídos de pessoalidade e personalidade, emoções e sentimentos, experiências e essências, precisam ser amados de maneira singular e urgentemente! Não podemos deixar que nosso amor aos outros tenha uma agenda ou programação para começar, ou seja previamente planejado. Como se fosse simplesmente reduzido a um estudo, trabalho, hobby ou qualquer afazer do dia a dia, contudo, deve-se ser ‘aqui e agora’, pois nesse tempo que eles precisam se sentir amados e acolhidos. Mas e amanhã como farei dai? Posso amar nesse momento e amanhã estou dispensado? Acredito que não, pois a verdade dessa letra sempre será expressa naquele momento que for dita ou cantada, fazendo que todo o momento você seja desafiado a isso.

Embora o sentido dessa letra seja lindo ela não é inusitada. A Bíblia ensina N’s vezes sobre esse amor e a aplicação do mesmo, muito tempo antes. Limitemo-nos vendo somente dois desses ensinos dela os quais foram pronunciados por Jesus: Ame ao seu próximo como a si mesmo (Mt 22.39). Acredito que você não tem planejamento para começar a se amar, e você não deixará para amar a você mesmo amanhã ou daqui a um mês. O amor próprio é existencial e atemporal, estando presente a todo o momento, portanto, que assim seja também ao seu próximo e as pessoas. Mas quais são essas pessoas? Para o Renato Russo parece que são os pais e os filhos (contexto da música), entretanto, para Jesus a visão é mais ampla porque é ao seu próximo, e tal próximo é todo aquele que está ao seu alcance independentemente de seus laços afetivos e fraternais. Em outras palavras, são todas as pessoas, conhecidas ou não ao seu redor. A filosofia bíblica mais uma vez mostra a sua profundidade e supremacia!

Prosseguindo, quero citar o outro ensinamento de Jesus a esse assunto: Amem-se uns aos outros. Como eu os amei, vocês devem amar-se uns aos outros (Jo 13.34). O ‘ameis’ semelhante ao de Cristo é difícil, convenhamos… Pois Ele amou o seu traidor (Judas – Jo 13.21 – 30) e aquele que o negou (Pedro – Jo 13.37 e 38), ou seja, é também amar o seu inimigo (Mt 5.44) – amor incondicional. Além disso, o amor de Cristo foi tão incondicional e sem medida que Ele se entregou para poder nos resgatar, isto é, um amor sacrificial e incomparável. Pode ter certeza que é maior do quê o amor de mãe!!

Como o mundo seria diferente se todos pudessem aplicar tal amor…

imagesOBCAY4BO

Em suma: AME! Ame sem forças, medidas e tempo; ame a todos (amigos ou inimigos) que estão a sua volta sem distinção e incondicionalmente; ame ao ponto de se sacrificar ou se renunciar ao outro; e entenda o AMOR de Cristo e tudo que Ele fez naquela cruz manifestando assim a sua graça (amor pactual e abundante) em favor de todos e inclusive de VOCÊ. Diante disso eu te faço o apelo: Creia nEle como Senhor e experimente esse amor incomparável, e, assim, você também poderá estender tal amor da maneira que foi expressado nesse artigo, naturalmente, pois será um discípulo dEle (Jo 13.35): Com isso todos saberão que vocês são meus discípulos.

Não basta só saber o que é o amor e parcialmente aplicá-lo, porém, necessitamos ir além e se entregar àquela que é o verdadeiro amor (1 Jo 4.8) e que nos amou primeiro (1 Jo 4.19). Portanto, entregue-se a Ele!!

amordeus

Com carinho de Maurício Montagnero.

Anúncios
comentários
  1. Mirian angela sxs disse:

    Sim, o ato de amar é tudo que realmente temos assim como odiar, são duas essência que decide o que somos, é que lado queremos estar. Estes dois sentimentos e que realmente vai ser pesado para ver quem realmente somos.

    Curtir

  2. Haysla disse:

    Ponto super convergente! Ótimo texto baby!

    Curtir

  3. Haysla disse:

    Muito bom texto! (Meu comentário realmente não foi)

    Curtir

  4. Haysla disse:

    Muito bom texto baby!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s